• Engenho e Arte

ARQUITECTOS SOLIDÁRIOS PARTEM PARA A RECONSTRUÇÃO DE BEIRUTE



BEIRUTE VIVE NUM CENÁRIO DE TOTAL DESTRUIÇÃO, SEMELHANTE A UMA GUERRA. O REBENTAMENTO PROVOCADO PELO ARMAZENAMENTO DE NITRATO DE AMÓNIO DESFEZ A CIDADE. AGORA É NECESSÁRIO RECONSTRUIR E JÁ HÁ ARQUITECTOS VOLUNTÁRIOS PARA AJUDAR.


A União Internacional dos Arquitectos fez um balanço das iniciativas realizadas em favor da reconstrução da capital libanesa, afectada por uma grande explosão no início de Agosto.


A reconstrução da cidade e protecção do património

Os arquitectos, por meio da União Internacional de Arquitectos (UIA), desejam contribuir com sua parte após a explosão devastadora de 4 de Agosto de 2020, em Beirute. Houve encontros entre o Prefeito da capital libanesa e Michel Barmaki, ex-secretário-geral da IUA, o presidente da Ordem dos Engenheiros e Arquitectos do Líbano, Patrick Coulombel (Arquitectos de Emergência) e Lara Moutin, co-fundador da campanha "Windows for Beirut".


"As discussões se concentraram em acções relacionadas ao reparo de emergência de habitações, bem como à protecção e reabilitação do património construído de Beirute",

disse um comunicado de imprensa do IUA datado de 26 de Agosto de 2020.

Vários estágios na reabilitação A reabilitação da cidade está planeada em várias fases, as reparações mais urgentes (canalização, electricidade, janelas), reconstrução das paredes desabadas e reparação das pinturas, seguidamente reparação a longo prazo das estruturas demolidas. Uma chamada para doações já foi lançada no âmbito da iniciativa "Windows for Beirut" . As necessidades são numerosas e urgentes, assegura Patrick Coulombel, da Emergency Architects. “Num raio de menos de um quilometro da explosão, com muita destruição, além de depender da distância, vemos danos mais ou menos significativos nas edificações”, explica ele num comunicado de imprensa da organização em 26 de Agosto de 2020. Os edifícios de aço estão destruídos, a estrutura dos de betão armado resistiu melhor à explosão, mas toda a caixilharia interna/externa, os tectos, as divisórias leves, o revestimento da fachada, os telhados, as grades de protecção, estão destruídos ou muito danificados."

Acima do raio de um quilometro e isso até 10 quilómetros de raio, há uma destruição importante na cidade.

Depois de proteger e acolher as 300.000 pessoas que se encontram sem abrigo, colocar-se-á a questão da reabilitação de muitos edifícios tombados, danificados, que datam do século XIX-XX. Embora poucas estruturas tenham sido demolidas, com excecção daquelas localizadas nas imediações do local da explosão, "m alguns bairros mais antigos, edifícios tradicionais com paredes de pedra e telhados vermelhos inclinados foram severamente danificados " .



GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


#beirute #arquitectura #arquitectos #voluntários #solidariedade #uia #engenharia #engenheiros

47 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Orgulhosamente criado com Engenho & Arte