• Engenho e Arte

MEDIDOR DE VIBRAÇÃO DE MÃO E BRAÇO REVOLUCIONA A SEGURANÇA NO TRABALHO



A SEGURANÇA NO TRABALHO É UMA PREOCUPAÇÃO CADA VEZ MAIS IMPORTANTE PARA A INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, UMA DAS MAIS ATINGIDAS. A VIBRAÇÃO CONSTANTE NOS BRAÇOS E MÃOS NA MANOBRA DE CERTOS EQUIPAMENTOS É AGORA CONTROLADA DE UMA FORMA MAIS EFICAZ PARA EVITAR LESÕES POR VEZES IRREVERSÍVEIS.


A luva HAV-Sentry (HAV-Hand Arm Vibration Meter) foi desenvolvida pela Feraru Dynamics para proteger os manobradores do síndroma debilitante da vibração na mão e braço. Ela monitoriza a vibração na mão, induzida por máquinas e avisa o manobrador quando é necessário fazer uma pausa.

Um monitor alimentado por bateria na luva fornece um indicador visual do estado de exposição à vibração. Uma estação autônoma de aquisição de dados e carregamento permite que as informações sejam coletadas, registradas e analisadas.


A Feraru Dynamics, ela própria com sede em Coventry, lançou a luva em 2020 após dois anos de desenvolvimento de protótipos e de testes de validação. Ela beneficiou de uma doação de 14.000€ do Programa de Inovação de Coventry & Warwickshire.

Andrei Feraru, cofundador e diretor administrativo, disse que o feedback da indústria desde os estágios iniciais de sua concepção foi positivo.


“Inicialmente, tive a ideia do HAV-Sentry enquanto estava a trabalhar na Rolls-Royce em Derby, durante meu curso de engenharia mecânica na Coventry University”
“Isto mudou a minha carreira e decidi inventar um produto que amenizasse exposições perigosas no local de trabalho. É uma exigência legal, proteger as pessoas contra as vibrações e esse é um problema real, pois os trabalhadores podem desenvolver uma lesão física irreversível após um ou dois anos de exposição contínua. Os sintomas são graves e podem causar uma dor real. O feedback da indústria foi muito, muito importante, juntamente com o Centro de Desenvolvimento, que informou-me sobre os fundos do FEDER. Os seus contactos com empresas de manufatura e engenharia também foram vitais. ”

O material da luva é atualmente feito na Alemanha, mas Andrei Feraru espera levar a origem do material da luva e a fabricação do design para o Reino Unido.


A luva HAV-Sentry foi testada no ano passado pelo empreiteiro Callan Connect, na abertura de trincheiras para a implantação de banda larga da CityFibre em Coventry. No entanto, foi a Câmara Municipal de Coventry que se tornou o primeiro cliente, com um pedido de 10 luvas. Essas luvas serão partilhadas entre 40 funcionários do conselho que foram registrados no painel do HAV-Sentry da empresa.


O diretor de distribuição da CityFibre, Richard Thorpe, afirmou

“O bem-estar das pessoas que estão a construir a nossa rede é de suma importância para nós. Estamos constantemente a nos desafiar para encontrar maneiras de ajudar a prevenir lesões e melhorar os nossos procedimentos. Como fornecemos conectividade de última geração, é apropriado usarmos dispositivos conectados para ajudar a monitorar e manter a saúde da nossa equipe. É uma combinação que anda de mãos dadas.
"Também estamos muito satisfeitos por poder ajudar uma organização em crescimento como a Feraru Dynamics, que é um exemplo fantástico da moderna engenharia britânica. Estamos orgulhosos de fazer a nossa parte para apoiar projetos como este, que têm o potencial de beneficiar os nossos colaboradores, bem como milhares de pessoas em todo o Reino Unido e além ”

Esta nova tecnologia não só permite monitorizar com mais precisão as condições de trabalho das pessoas expostas às vibrações, mas também ajuda a dar aos manobradores de máquinas e à empresa uma melhor compreensão dos riscos envolvidos.


Cllr Jim O'Boyle, membro do gabinete para empregos e reintegração, disse

“Estou realmente impressionado com este novo produto que foi desenvolvido aqui mesmo em Coventry. Também estou satisfeito por termos feito o primeiro pedido com Andrei e sua equipe, a fim de ajudar a melhorar a segurança de nossos próprios trabalhadores da construção. Frequentemente, todas as pequenas empresas locais inovadoras como a Feraru Dynamics precisam de um pequeno aumento de tesouraria e os contactos certos para levar inovações ao mercado. E é exatamente disso de que se trata o nosso Programa de Inovação”



GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo