top of page
  • Foto do escritorEngenho e Arte

REPARAÇÃO DE BURACOS DA ESTRADA AUTÓNOMA, O SONHO DAS CAMARAS MUNICIPAIS


Uma start-up do Reino Unido desenvolveu o primeiro veículo autónomo do mundo que utiliza IA para localizar e reparar fissuras e buracos nas estradas do Reino Unido.

Quase dois milhões de buracos são reparados manualmente nas estradas do Reino Unido anualmente, mas espera-se que isto piore com o envelhecimento da infra-estrutura e o aumento do número de utentes das estradas.


O spin-out da universidade após investimento privado bem-sucedido, Robotiz3d , vai começar a desenvolver o primeiro robot autônomo do mundo para patrulhar as ruas em busca de buracos,

Esta inovação deverá revolucionar a manutenção das estradas do Reino Unido e depois no resto do mundo pelas autoridades locais e empresas privadas de manutenção rodoviária.


Esta primeira ronda de capitalização para a Robotiz3d envolve uma injeção de dinheiro da a2e Industries e da Universidade de Liverpool. É uma notícia entusiasmante para os utentes das estradas, com a empresa preparada para trazer inovação líder mundial às estradas e autoestradas, visando especificamente a eliminação de buracos.


Os buracos são a ruína dos motoristas em todo o mundo, causando danos aos veículos e custos para os municípios. Quase dois milhões de buracos são consertados todos os anos, mas todos os dias aparecem mais buracos nas estradas do Reino Unido. Os métodos convencionais e manuais são ineficientes e não conseguem lidar com este problema crescente. A Robotiz3d promete uma verdadeira inovação para superar estes desafios.

Apoiada por quatro anos de pesquisa e duas tecnologias com patente pendente, com a solução Robotiz3d poderá ver robots autónomos com inteligência artificial a vasculhar as estradas do Reino Unido e do mundo com a capacidade de identificar os buracos existentes e a reparar rachas antes que elas tenham oportunidade de se desenvolver.


O Dr. Paolo Paoletti, CTO da Robotiz3d, disse:

“A solução Robotiz3d identificará e localizará buracos de forma autônoma, caracterizará a sua geometria e coletará medições em movimento. A capacidade de depositar automaticamente material de reparação em fissuras menores antes que elas evoluam para buracos, também é uma inovação." “Prevê-se que estes recursos, juntamente com um algoritmo de previsão para ajudar a prioratizar os cronogramas de trabalho, melhorem a segurança e a vida útil das redes rodoviárias e contribuam para reduções nos custos de reparações rodoviárias, consumo de combustível, emissões de CO2 e desgaste dos pneus.”


Utilizando tecnologias avançadas de detecção e reparação incorporadas no sistema robótico de IA, o veículo autónomo pode avaliar e prever a gravidade dos defeitos, selando-os antes que se agravem. Segundo a empresa, a solução pode coletar dados em viagens a até 95 Km/h, varre uma faixa de cada vez com um campo de visão de até 3 m e pode ser usada 24 horas por dia, 7 dias por semana, em quaisquer condições climáticas.


Amin Amiri, CEO da a2e Industries, comentou:

“Esta é uma verdadeira inovação que pode ajudar o Reino Unido a poupar dinheiro público e a evitar muitos problemas para os cidadãos. Estamos confiantes na Robotiz3d e na sua equipe de engenharia e gestão altamente capacitada para trazer esta tecnologia tão necessária ao mercado. A tecnologia poderá eventualmente resolver um dos problemas mundiais mais endémicos da indústria de logística e transporte, com impacto transformador.”


Os esforços para parcerias com organizações de utilizadores finais para garantir o desenvolvimento significativo de produtos também foram iniciados. O Conselho do Condado de Hertfordshire está atualmente a liderar as atividades corporativas com a empresa e não é apenas um dos principais profissionais de gestão de ativos rodoviários no Reino Unido, mas também vencedor do prêmio “Melhor Uso de Novas Tecnologias na Indústria Rodoviária 2019”.


Phil Bibby, membro executivo de Rodovias e Meio Ambiente, disse:

“Estamos muito satisfeitos em oferecer a nossa experiência e ajudar a incorporar os requisitos práticos da vida real no desenvolvimento. É emocionante fazer parte do progresso e estamos ansiosos para testar o protótipo.”



Lisa Layzell, CEO e cofundadora da Robotiz3d, disse:

“Esta é a primeira tecnologia autónoma deste tipo desenvolvida especificamente para enfrentar a crise dos buracos que assola muitas partes do país e do mundo, e que se estima ter custado mais de £ 1 bilhão para reparos na última década, só no Reino Unido.”

Visão artística do modelo ARRES (Autonomous Road Repair System) do Robotiz3d


No Daresbury Laboratory, localizado na Sci Tech Daresbury, na região da cidade de Liverpool, a Robotiz3d conseguiu criar um laboratório personalizado para desenvolver os seus protótipos, incluindo espaço para testes. Com os testes oficiais em andamento, a empresa disse que está a progredir na comercialização da sua tecnologia.



GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar?





Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page