• Engenho e Arte

AMESTERDÃO ADOPTA HYPERLOOP PARA O AEROPORTO DE SCHIPHOL


O AEROPORTO DE AMESTERDÃO SCHIPHOL DEVE EXPANDIR OS SEUS PLANOS DE DESENVOLVIMENTO PARA UMA CONEXÃO DE TRANSPORTE HYPERLOOP DE ALTA VELOCIDADE PARA SUBSTITUIR ALGUNS VOOS DE CURTA DISTÂNCIA


Os resultados positivos de um estudo levaram a anunciar a continuação de uma parceria com a empresa holandesa Hardt Hyperloop, que foi anunciada pela primeira vez em 2018.

Neste estudo, Hardt e Schiphol foram apoiados pelo Royal BAM Group, UNStudio, CE Delft, Stibbe, AirportCreators e Dutch Boosting Group e SEO Amsterdam Economics.

O estudo diz que o hyperloop pode emergir como um novo modo sustentável de viajar em alta velocidade e substituir uma parte dos voos de curta distância de Schiphol até 2050.

As cápsulas Hyperloop estão sendo projectadas para deslizar em altas velocidades de 1.000km/h ou mais, impulsionadas dentro de um tubo de baixa pressão por um motor eléctrico linear.


O estudo propõe uma rede inicial que conecta Schiphol aos principais aeroportos vizinhos da Alemanha, Bélgica, França e Reino Unido que actualmente possuem conexões aéreas directas. A empresa Hardt prevê que até 2050, até 73 milhões de pessoas estarão "voando" entre as principais cidades nesta rede. De acordo com o estudo, o hyperloop seria capaz de substituir até 12,5 milhões de passageiros que viajarão por Schiphol até 2050.



“A indústria da aviação viu-se numa situação sem precedentes. A recuperação levará anos, mas continuar a investir na inovação e sustentabilidade tem grande importância ”, disse Hassan Charaf, chefe de inovação do Royal Schiphol Group. “Consideramos importante participar em qualquer desenvolvimento promissor relacionado à mobilidade para atender à procura por transporte sustentável no futuro. Tenho orgulho de termos feito uma parceria com a Hardt para analisar as oportunidades de hyperloop para um hub multimodal. ”


A Schiphol e a Hardt pretendem realizar os desenvolvimentos potenciais descritos no estudo, ampliando a sua colaboração à medida que avançam e expandem as suas pesquisas. Além disso, a Hardt está a dialogar com outras parceiros e autoridades com o objectivo de garantir que o hyperloop possa desempenhar um papel central numa rede de transporte sustentável de alta velocidade na Europa.

"Na transição para uma sociedade neutra em carbono, é crucial não apenas melhorar as modalidades existentes, mas também explorar soluções alternativas e inovadoras de mobilidade", disse Stefan Marges, líder da Hardt Hyperloop no estudo. “Este estudo mostra que o hyperloop é uma adição valiosa para o futuro cenário do transporte. Em particular, estabelece as bases para que o hyperloop se torne um modo bem-sucedido de transporte sustentável nos próximos anos. Parcerias, co-desenvolvimento e colaboração público-privada são elementos essenciais para desencadear uma tecnologia tão inovadora. Apreciamos muito a progressividade do Royal Schiphol Group na exploração de soluções inovadoras, como o hyperloop, na busca de se tornar o aeroporto mais sustentável do mundo. ”


GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


#hyperloop #transporte #mobilidade #aeroporto #amesterdão #schiphol

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Orgulhosamente criado com Engenho & Arte