• Engenho e Arte

NETWORK RAIL INOVA EM PONTES PEDONAIS

Atualizado: Nov 11


Network Rail desenvolveu um novo projeto de pontes pedonais, feito de plástico e mais rápido de instalar.


A Network Rail afirma que a inovadora ponte circular foi criada para 'revolucionar' a forma como as pontes pedonais são construídas sobre os caminhos de ferros ou estradas.

O protótipo da ponte pedonal ferroviária com fibra de polímero reforçado (FRP) foi testado num centro de testes em Long Marston, Warwickshire, Inglaterra.


Como o FRP é muito mais leve que o aço , a ponte pode ser instalada em poucos dias e o seu design modular significa que pode ser adaptada a diferentes locais. Possui também monitorização integrada, permitindo assim avaliar as necessidades de uso e manutenção.



A esperança é que o novo projeto seja adotado em todo o país como parte de um plano de trabalho mais amplo para transformar a forma como as pontes pedonais são construídas na rede ferroviária. A próxima fase do projeto envolve o desenvolvimento de opções de aquisição e construção, bem como uma versão em rampa da ponte.


O responsável do programa Network Rail, Andy Cross, afirma que foram capazes de fazer uma abordagem diferente. Permitindo assim trabalhar com várias pequenas e médias empresas, muitas das quais nunca haviam trabalhado em projetos ferroviários, mas têm as habilidades e a experiência para dar vida ao conceito de uma ponte leve e de baixo custo.


Em apenas 11 meses, desenvolveram um protótipo da ponte que tem um design impressionante, ecologicamente correto e levará dias, e não semanas, a ser instalado, causando menos interrupções para a população local.



Há uma equipa de empresas que trabalhou com a Network Rail para desenvolver a nova ponte. São elas:

  • A Knight Architects, criadora do conceito.

  • O engenheiro consultor Jacobs, que forneceu experiência em design e verificação independente do design.

  • KS Composite, um fabricante com sede no Reino Unido cujos clientes habituais incluem fabricantes de automóveis de prestígio e equipas de Fórmula Um, fez a estrutura da ponte.

  • Sui Generi, outro fabricante britânico especializado em componentes moldados (incluindo carroçarias de tratores), fez as unidades de fixação, que permitem à ponte manter a sua forma estrutural.

  • A Epsilon Optics projetou, fabricou e instalou o sistema de monitorização de fibra óptica.

  • A Q-Railings instalou o guarda corpos envidraçado.

  • A JT Consulting projetou, fabricou e instalou o sistema de fundação Rapid Root.

  • A Flofo forneceu plataformas virtuais de trabalho e novas abordagens para o trabalho em equipa e monitorização dos riscos e oportunidades do projeto.



#engenharia #engenheiro #engenharias #engenheiros #estruturas #estruturaspolimero #estruturasplastico #inovacao #sustentabilidade



GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com

117 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo