• Engenho e Arte

O PRÉDIO DE MADEIRA MAIS ALTO DE FRANÇA



A 30 de outubro de 2018, foi inaugurado em Bordeaux o prédio de escritórios em estrutura de madeira e apresentado como o mais alto da França.


Perspective, é o nome do edificio de escritórios em estrutura de madeira, construído e entregue, mais alto da França. Tendo uma altura de 31 metros, o prédio de 6 andares com 4.438 m² de área útil foi inaugurado a 30 de outubro de 2018 em Bordéus (Gironde). Está localizado no primeiro quarteirão do ZAC Saint Jean-Belcier a sudeste da cidade. Um local estratégico porque está próximo da estação Saint-Jean, das principais rodovias e da futura ponte Simone Veil que permite ao prédio participar da vida do bairro.


A escolha da madeira maciça foi feita pelas suas propriedades de baixo carbono. Na verdade, esse material armazena carbono em vez de emiti-lo, "um metro cúbico de madeira armazena uma tonelada de CO2 ". Além que a madeira é um material 12 vezes mais isolante que o concreto.

A estrutura "post-beam" foi realizada em madeira laminada colada, pinho Landes e o revestimento em abeto Limousin. Estes factores permitem classificar o edifício com de energia passiva.

A tecnologia "pós-viga" possibilita a construção de uma estrutura 5 a 7 vezes mais leve que a do betão armado, o que agiliza a execução no estaleiro e reduz a poluição. Além disso a construção da estrutura durou apenas quatro meses, de junho de 2017 a outubro de 2017.


A abordagem dos arquitectos Nicolas Laisné e Dimitri Roussel foi preservada até ao interior do edifício. “ A instalação de tectos falsos foi reduzida ao mínimo para permitir a leitura da estrutura de madeira do edifício e poupar alturas de espaço  ”, explicam os designers. Os postes que estruturam o prédio também permaneceram em estado bruto. “ Uma escolha estética que confere ao local um ambiente acolhedor e acústica suave, enquanto as suas amplas janelas e terraços promovem a sua luminosidade e vistas excepcionais da cidade  ” , explica o grupo Pichet.

Situada no coração do edifício, a escada, também em madeira, é o ponto central de circulação entre os pisos e os vários espaços de trabalho. O seu design, imaginado pelo atelier Briand & Bertherau, permite-lhe ser iluminado e ventilado naturalmente e desfrutar de uma vista sobre o jardim.

“O edifício foi totalmente projectado com ventilação natural. Esta solução é reforçada pela forma em U do edifício. O átrio funciona como chaminé térmica graças a um sistema de ventilação dia / noite com aberturas automatizadas na parte superior e a abertura dos espaços de escritórios ”, explicam Nicolas Laisné e Dimitri Roussel.





FICHA TÉCNICA


  • Localização: ZAC Bordeaux Saint-Jean Belcier, OIN Bordeaux Euratlantique - ilhotas 5.1ae 5.1b, Bordeaux, França.

  • Programa: 4.438 m² de escritórios em estrutura de madeira e 80 unidades de habitação coletiva.

  • Promotor: Groupe Pichet.

  • Gestão do projeto: Nicolas Laisné , Dimitri Roussel , Studio Briand-Berthereau (desenho da escadaria monumental).

  • Gabientes de projeto: Terrel (Estrutura-Fachada), Pouget Consultants (termofluidos elétricos), Ecotech (economia VRD), Emacoustic (acústica).

  • Construtora: Groupe Pichet

  • Altura : 31 metros

  • Niveis : R/C mais 6 pisos

  • Superfície: 4.438 m² SU (escritórios), 5.156 m² SDP (habitação).

  • Calendário: junho de 2017 a Setembro de 2018

  • Custo total: 18,4 milhões de euros.

  • Medidas ambientais: Certivea NF HQE, BREEAM Very Good e BBCA.


Detalhes do programa

O edifício consiste em duas alas principais organizadas em torno de um átrio central voltado para o sul com vista para um jardim. Cada uma dessas alas possui um núcleo que concentra as instalações de risco, instalações sanitárias compartilhadas e também a comunicação. São estes os núcleos que permitem a ligação entre a escadaria central do átrio e os 12 pisos de escritórios distribuídos pelo edifício. O rés-do-chão alberga o hall de recepção voltado para a fachada VIP da rue Brienne e localizado no alinhamento do átrio e do jardim. Uma escada bem como um elevador permitem chegar à notável escada e aos dois núcleos que servem os vários espaços bem como os elevadores. Uma entrada secundária encontra-se junto à estrada de acesso no centro da ilha. Ele conecta o estacionamento subterrâneo acessível por uma escada e um elevador independente. Por último, está previsto o acesso direto do átrio ao jardim, de forma a permitir aos ocupantes um aproveitamento real deste espaço central.


Os pisos dos escritórios estão divididos em compartimentos fixos com menos de 300 m². Organizados em uma grade de 4,80 m de acordo com os padrões da madeira, eles permitem uma ampla modularidade de layouts (desde open space, até escritórios individuais, semi-divididos, etc.). Dois terraços acessíveis permitem aproveitar as várias vistas que o ambiente oferece (a cidade de Bordéus, a Garonne, a futura ponte, o jardim de Ars, as encostas da margem direita).



Construção:

Terraplanagem geral da cave.

Fundações por estacas em profundidade, com tipologia e dimensionamento de acordo com relatório de estudo geotécnico e de acordo com planos e estudos da Estrutura.

Os pisos baixos (rés-do-chão e cave) são do tipo ensoleiramento geral de betão armado com espessura, características técnicas e dimensionamento de acordo com relatório de estudo geotécnico e de acordo com planos e estudos da Estrutura

Os pavimentos dos andares superiores serão constituídos por uma laje maciça de betão armado, tradicionalmente fabricada ou utilizando pré-lajes, e piso misto de madeira-betão armado.

A superstrutura de pilares e vigas em madeira laminada com paredes interiores em betão armado.





GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem um projecto ou obra para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


438 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Orgulhosamente criado com Engenho & Arte