• Engenho e Arte

ARQUITECTOS ITALIANOS SALVAM VIDAS COM COVID-19


Arquitectos italianos projectaram uma solução que salva vidas, abrigando assim mais pacientes com COVID-19


Arquitectos italianos uniram-se a uma equipa de profissionais de várias áreas para projectar unidades de cuidados intensivos capazes de trabalhar na escala do COVID-19. Até o momento, Itália é o país mais atingido pela pandemia do COVID-19. Nas últimas 24 horas, 712 pessoas morreram com a doença, elevando o número de mortes para um total de 8215. Mais de 3000 pessoas estão em estado crítico e cada dia que passa vão chegando centenas de novos casos aos hospitais do país. Os hospitais estão sobre-lotados e os profissionais de saúde estão exaustos. Infelizmente, isso é apenas o começo.



Unidades de cuidados intensivos (UCI) para responder à escalada do novo coronavírus


A crescente necessidade de Itália aumentar a capacidade das suas UCI, governos e organizações habilitadas estão a explorar soluções para conter a propagação do vírus. Recentemente, uma equipa composta por elementos de vários países, onde estão arquitectos, engenheiros, profissionais médicos e especialistas militares, uniram forças para criar o CURA - um projecto open source, criado para construir Unidades de Cuidados Intensivos com capacidade flexível.



Nasceu assim o CURA, uma invenção que permite o transporte rápido de contentores desenvolvidos como cápsulas portáteis de cuidados intensivos. A ideia de transformar contentores de transporte em cápsulas de cuidados intensivos, capazes de funcionar como enfermarias para pacientes com COVID-19 é definitivamente interessante. Os arquitectos italianos Carlo Ratti e Italo Rota projectaram o conceito.


Inovação italiana na pandemia do coronavírus


Os criadores projectaram estes contentores modulares de 6 metros para serem montados, como um hospital de campanha, mas também salvaguardando uma característica única de uma UCI, criando uma "biocontenção", ou seja, ambientes de pressão atmosférica negativa.


Os "casulos" criados pelos designers são fáceis de mover e podem ser implementados em poucas horas. Podem ser usados ​​individualmente ou montados em arranjos variados, criando assim uma estrutura flexível.


Cada unidade de "biocontenção" pode conter equipamento médico e dois pacientes. O primeiro CURA em construção está em fase de montagem em Milão, Itália, patrocinado pela UniCredit. À medida que aumenta o número de mortos pela pandemia do coronavírus, COVID-19, todos os papéis sociais estão a ser galvanizados para combater o surto e salvar o maior número de vidas possível. A CURA poderia ajudar muitos doentes, seja neste momento em Itália, assim como por todo o mundo. É incrível como o ser Humano tem o dom, de em momentos de maior crise, se juntar, quebrando barreiras existentes no passado. Criando assim uma louvável união global, para que juntos consigamos sair desta crise com o menor número possível de vidas perdidas.


GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 Orgulhosamente criado com Engenho & Arte