• Engenho e Arte

O PRIMEIRO TEATRO FLUTUANTE DA EUROPA


Continuam os trabalhos do futuro teatro flutuante, projetado pela agência Waterstudio. A estrutura de betão armado de aproximadamente 500 toneladas já foi colocada na água. Prevê-se mais dois meses de obras até à sua conclusão


A operação foi delicada, exigiu 1h30 de manobras e ótimas condições climáticas. Previsto para segunda-feira, 23 de maio, o lançamento da estrutura de betão armado do futuro teatro flutuante de Lyon, chamado Île O, foi adiado para o dia a seguir devido ao risco de tempestades.

Do porto de Edouard Herriot, no local de produção da empresa Vicat, o casco de 500 toneladas foi finalmente transportado na terça-feira, 24 de maio, graças a uma grua de 56 metros de altura.

A técnica de levantamento pode parecer fácil, pois a construção préfabricada é simplesmente levantada por 4 cintas de elevação no total,que passam por baixo do casco e colocadas a cada 9 metros.

Três responsáveis, La Compagnie Nationale du Rhône (CNR), ELTS, especialista em trabalhos especiais, e o fabricante de equipamentos Dufour seguiram um processo meticuloso.

Tínhamos que garantir que o levantamento não danificasse a estrutura ”,

observou Jean-Philippe Amy, diretor do Patadôme Théâtre em Irigny, que iniciou o projeto.



Um casco de 232 m3 de betão armado

Antes desta etapa, dois meses de trabalho permitiram à MNK e à Sider a preparação da laje, e a Hercules Floating Concrete e a Vicat a construção da casca de betão armado. Ao contrário de muitos barcos de recreio, aqui o equipamento não tem um casco em doca seca.

" A opção pelo betão armado foi feita pela sua capacidade de produção e cura. Uma vez na água, a edificação vive a sua vida. No entanto, é preciso verificar e monitorizar as microfissuras" ,

explica Jean-Philippe Amy.



Para a realização do casco, foram utilizados 232 m3 de betão

" A fabricação do betão foi realizada num raio de 50 km. O estaleiro foi instalado ao lado do cais para facilitar o lançamento posterior. Para consolidar o cais, foram projetadas estacas e instalado ”, explica Jean-Philippe Amy.



Mais 2 meses de obra na água

Este casco de betão armado, com 38,33 m de comprimento, 11,4 m de largura e 2,9 m de altura, está agora colocado na água. Antes de se dar continuidade à obra, foram realizados testes higrométricos.

" As várias empreitadas e especialidades terão que aprender a trabalhar em água e sem nível",

admite Jean-Philippe Amy, ciente do aspecto experimental do projeto.

estão programados a instalação da superestrutura de madeira CLT, a impermeabilização e instalação de revestimento de aço e carpintaria.

A estrutura de madeira e aço será removível e reciclável, a ventilação natural e as águas residuais serão armazenadas em tanques de recuperação. Apesar da altura final da superestrutura chegar a 9 metros, ela será elevada para apenas 5,9 m para passar sob a ponte Pasteur durante o seu transporte neste verão, até seu ponto de fixação no Rhône, ao pé da ponte Gallieni. Por sua vez, os cubos de fachada serão pré-montados no local da Vicat e finalizados na localização final, bem como os acabamentos interiores.



Um projeto de um Arquitecto Holandês


Cobrindo uma área de 800 m2, este projeto, projetado por um mestre das estruturas flutuantes, o holandês Koen Olthuis, da Waterstudio, abrigará um grande teatro de 250 lugares e um pequeno teatro de 80 lugares. A programação terá como alvo principal famílias e crianças. Além disso, 170 m2 serão dedicados a formação e oficinas artísticas. A cereja no topo do bolo é uma cobertura de 150 m2 prevista para eventos corporativos.



Dinamizar um bairro





Nascida a partir de uma consulta de projetos da Voies Navigables de France (VNF - Vias Navegáveis de França) em 2020, Ile O espera participar da revitalização deste bairro. Financiado por capitais privados, este teatro flutuante, no valor de 2,6 milhões de euros, deverá abrir ao público este outono.



Ficha Técnica

Área total: 800 m2 Líder do projeto: Equipe Patadôme Théâtre Arquiteto: Koen Olthuis da Waterstudio Valor do projeto: 2,6 milhões de euros (financiamento privado) Início das obras: março de 2022 Abertura ao público: outono de 2022






GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com #arquitectura #engenhariacivil #construcao #construção #frança #teatro #flutuante

85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo