top of page
  • Foto do escritorJoaquim Nogueira de Almeida

QUO VADIS REGIÃO SUL - DIREITO DE RESPOSTA



NA SEQUÊNCIA DAS ENTREVISTAS EFETUADAS AOS DOIS CANDIDATOS A PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETIVO DA REGIÃO SUL DA ORDEM DOS ENGENHEIROS, PUBLICAMOS O DIREITO DE RESPOSTA DA ENGa SILVIA RIBEIRO, ATUAL VOGAL, E DA ENGa RITA GONÇALVES, ATUAL SECRETÁRIO DO CONSELHO DIRETIVO DA REGIÃO SUL DA ORDEM DOS ENGENHEIROS.


Uma rotura na forma de gerir a Região Sul da Ordem dos Engenheiros, fez aquilo que nunca tinha sido feito, a renuncia de 4 elementos do Conselho Diretivo provoca o fim do mandato eleito há menos de 1 ano e obriga a eleições extraordinárias.


Após a divulgação das entrevistas efetuadas, fomos contactados pela Enga Silvia Ribeiro e Enga Rita Gonçalves, enquanto ainda atuais membros do Conselho Diretivo da Região Sul a solicitar o direito de transmitir a sua posição perante algumas afirmações proferidas pelo Eng António Carias de Sousa, ainda atual Tesoureiro do Conselho Diretivo da Região Sul dos Engenheiros, e candidato a Presidente do mesmo Conselho Diretivo nas próximas eleições.


Veja as Entrevistas AQUI


O texto que se segue é da inteira responsabilidade da Enga Silvia Ribeiro e da Enga Rita Gonçalves e transcritas na sua totalidade.



No seguimento da publicação de entrevista no passado dia 24 de janeiro impõe-se-nos exercermos o direito de resposta, cingindo-nos, para tal, a factos que contradizem, per si, o depoimento prestado em nome da candidatura da Lista RA.


Facto #1

No dia 11 de outubro de 2022 fomos ambas abordadas, presencial e simultaneamente, para nos solidarizarmos com uma renúncia coletiva, no intuito de forçar a destituição e o afastamento do Presidente do Conselho Diretivo da Região Sul (CDRS) e, no convencimento expresso de que não poderia recandidatar-se ou apresentar uma candidatura ao Conselho.


Facto #2

Declinámos imediatamente renunciar, pelo máximo respeito pelos órgãos eleitos democraticamente e pelo mandato que nos havia sido conferido, com repúdio pela forma como se havia montado o esquema e por ausência de quaisquer fundamentos.

Apesar de expressamente requerido, não nos foram apresentadas atitudes ou factos concretos que consubstanciassem as acusações de conduta atribuídas ao Presidente do CDRS.


Facto #3

Presenciámos exemplos múltiplos de incentivos do Presidente do CDRS à participação, por parte dos membros dos Conselho Diretivo e em nome próprio, em iniciativas nos pelouros de cada um daqueles membros, bem como de desenvolvimento autónomo de projetos.


Facto #4

Foi-nos presencialmente confirmada, pela própria, a intenção de candidatura a Bastonária.


Facto #5

A Região Sul pauta-se pelo rigoroso cumprimento das normas legais e contabilísticas, tem contabilidade analítica e as suas Contas estão auditadas e aprovadas pelo Conselho Fiscal.


Porque contra factos não há argumentos, não podemos deixar de expressar as nossas inabaláveis obrigações de repor a verdade, de forma objetiva e elevada, e de manter a nossa total disponibilidade para fazer mais e melhor, bem como de dar contributo e participar na construção da Ordem dos Engenheiros que queremos ter.


Sílvia Ribeiro e Rita Gonçalves, Lista RB




Se é Membro da Região Sul da Ordem dos Engenheiros Vote AQUI


GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


Joaquim Nogueira de Almeida


ARTIGOS DO MESMO AUTOR:

MOLDANDO O MUNDO COM IMPRESSÃO 3D - O FUTURO NA CONSTRUÇÃO


241 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page