top of page
  • Joaquim Nogueira de Almeida

QUO VADIS REGIÃO SUL

Atualizado: 27 de jan.



UMA ROTURA NA FORMA DE GERIR A REGIÃO SUL DA ORDEM DOS ENGENHEIROS, FEZ AQUILO QUE NUNCA TINHA SIDO FEITO, A RENUNCIA DE 4 ELEMENTOS DO CONSELHO DIRETIVO PROVOCA O FIM DO MANDATO ELEITO HÁ MENOS DE 1 ANO E OBRIGA A ELEIÇÕES EXTRAORDINÁRIAS


OS VENTOS SÃO DE MUDANÇA?

A Região Sul da Ordem dos Engenheiros (OE) representa aproximadamente 30.000 Engenheiros e metade dos Engenheiros Portugueses.


Em Fevereiro de 2022, ocorreram as Eleições na OE, onde os vários orgãos foram eleitos nomeadamente o do Conselho Diretivo da Região Sul, ganha pela Lista encabeçada pelo Eng Luis Machado, candidato a Presidente, com uma margem diminuta da lista que ficou em 2º lugar.


O Conselho Diretivo da Região Sul, ainda em funções, foi formado por elementos escolhidos pelo seu presidente, Eng Luis Machado. Apesar de serem elementos sem ligações anteriores entre si, quatro desses elementos parece terem encontrado algo que os uniu e renunciaram aos mandatos para os quais tinham sido eleitos, há menos de 1 ano.

As acusações de autocracia, de tomada de decisões unilaterais por parte do presidente e até de discriminação do gênero, foram suficientes para provocarem a marcação de eleições extraordinárias.


A Lista RA, encabeçada pelo Eng António Carias de Sousa, reune entre outros, os 4 elementos que renunciaram ao mandato do ainda atual Conselho Diretivo e segundo eles, vão com uma proposta de mudança e gestão em equipa

A Lista RB encabeçada pelo Eng Luis Machado, incorpora agora elementos da 3ª lista de 2022, liderada pelo Eng João Calado, e afirmam serem uma lista da união e de continuidade.

Dois estilos de liderança distintos que pretendem ser o futuro próximo na representação de 50% dos Engenheiros da OE.


Fui colega de curso do Eng António Carias de Sousa e trabalhei com o Eng Luis Machado no GATTEL (ponte Vasco da Gama). São 2 colegas de gerações diferentes, com experiências profissionais diferentes e atitudes diferentes. julguei ser importante clarificar posições e razões destas 2 candidaturas e por isso entrevistei os 2 candidatos sobre o que os move nestas eleições. As entrevistas , cada uma com pouco mais de 1 hora podem ser visualizadas nos links em baixo.


Entrevista do Eng António Carias de Sousa, LISTA RA


Entrevista do Eng Luis Machado, LISTA RB


Das entrevistas efetuadas percebemos que o desentendimento que provocou a renuncia de 4 elementos do ainda Conselho Diretivo da Região Sul da Ordem dos Engenheiros, provocou também a união destes 4 elementos numa proposta de rotura com o atual ainda presidente do Conselho Diretivo. Cada um dos candidatos apresentou as suas razões e defendeu as suas posições.


Das 2 entrevistas ressalto da necessidade de qualquer que seja o vencedor, promover uma maior transparência da utilização do dinheiro que cabe à Região Sul da OE, já que importa saber como são gastos os aproximadamente 2 milhões de euros anuais de receitas.

Em termos gerais conseguimos perceber que, +/- 30.000 associados x 120€/ano = 3.600.000,00 €/ano.

Deste valor aproximadamente 50-60% vão para a própria Região e o restante para o Nacional, ou seja a Região Sul tem como receitas+/- 2.000.000,00 €/ano, dos quais +/- 600.000,00 €/ano são para pagar os Recursos Humanos e os restante 1.400.000,00 €/ano são para atividades a promover da Região Sul.

Recordo que nenhum dos orgãos eleitos auferem alguma remuneração.


Cabe agora a todos nós, optar por um caminho e diminuirmos o principal inimigo nas eleições que é a abstenção.


Se é Membro da Região Sul da Ordem dos Engenheiros Vote AQUI


DIREITO DE RESPOSTA


NA SEQUÊNCIA DAS ENTREVISTAS EFETUADAS AOS DOIS CANDIDATOS A PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETIVO DA REGIÃO SUL DA ORDEM DOS ENGENHEIROS, PUBLICAMOS O DIREITO DE RESPOSTA DA ENGa SILVIA RIBEIRO, ATUAL VOGAL, E DA ENGa RITA GONÇALVES, ATUAL SECRETÁRIO DO CONSELHO DIRETIVO DA REGIÃO SUL DA ORDEM DOS ENGENHEIROS.


Ver AQUI











GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com

Joaquim Nogueira de Almeida

Joaquim.N.Almeida@gmail.com

Mais sobre o Autor ( Linkedin )


ARTIGOS DO MESMO AUTOR:

TODA A VERDADE DOS SALÁRIOS NA ENGa CIVIL em Portugal em 2022

RENOVAR UM EDIFÍCIO - COMO ESCOLHER UM EMPREITEIRO E EVITAR FRAUDES

MOLDANDO O MUNDO

CONSTRUÇÃO CIVIL, SHUTDOWN AND REBOOT (PARTE1)

SEGADÃES TAVARES - 76 ANOS, MUITA ENGENHARIA E UMA PALA (PARTE 1)

A IA NA CONSTRUÇÃO DIMINUI OS RISCOS DE ERROS

A OET ABRE O DIÁLOGO PARA UMA FUTURA FUSÃO COM A OE

OS ENGENHEIROS E AS SUAS DUAS ORDENS

UMA PISCINA PERTO DO CÉU

CASTELBEL, A ENGENHARIA DOS AROMAS

A ENGENHARIA POR TRÁS DA MAIOR PONTE PEDONAL DO MUNDO

CIDADE MAIS "SMART" COM CIDADÃOS MAIS FELIZES - SMARTCITY

CIDADE MAIS “SMART” NOS TRANSPORTES - SMARTCITY

CIDADE MAIS “SMART” NA INFORMAÇÃO - SMARTCITY

CIDADE MAIS “SMART” NA ENERGIA - SMARTCITY

MOLDANDO O MUNDO COM IMPRESSÃO 3D - O FUTURO NA CONSTRUÇÃO

MUDANÇA DE MENTALIDADES - O FUTURO NA CONSTRUÇÃO

ENGENHARIA, MOLDANDO O MUNDO - O FUTURO NA CONSTRUÇÃO

FRANÇA RECOMEÇOU AS OBRAS MESMO COM O COVID-19

COVID-19 NA CONSTRUÇÃO, LONGA SE TORNA A ESPERA

COVID-19 NA CONSTRUÇÃO, INGLATERRA FAZ SAIR O 1º GUIA E FRANÇA PARA BREVE

A CONSTRUÇÃO NÃO PRECISA DE CANTAR O FADO

ENGENHARIA PORTUGUESA, QUO VADIS?

SERIA LUIS VAZ DE CAMÕES ENGENHEIRO?

10 LIÇÕES DE VIDA E DE NEGÓCIOS


#engenharia #engenharias #engenheiros #ordemdosengenheiros #eleições #regiaosul #oe

430 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page