top of page
  • Foto do escritorJoaquim Nogueira de Almeida

OS VERDADEIROS ORDENADOS DOS ENGENHEIROS CIVIS - Parte 1

Atualizado: 27 de fev. de 2023


NUMA ALTURA EM QUE A SOCIEDADE DESPERTA PARA A NECESSIDADE DE TER UMA BOA ENGENHARIA CIVIL, PARA FAZER FACE AOS SISMOS QUE ACONTECEM, VAMOS ANALISAR O QUE ESTÃO A PAGAR PELO TRABALHO DESTES TÉCNICOS



Muitas noticias e informações vêm a publico sobre o estado da Engenharia, mais concretamente da Engenharia Civil, muitas vezes contraditórias entre elas ou até provocando algumas reações por parte dos Engenheiros Civis, de incredulidade ou de descrença no conhecimento da realidade por parte da sociedade.


O assunto dos rendimento auferido pelos Engenheiros Civis, não é um tema novo, mas havendo uma crescente procura destes técnicos nos últimos anos, seja pela enorme procura de edifícios novos, de reabilitação de existentes e até de algum investimento em infraestruturas, seria natural que a crescente necessidade de Engenheiros traria um aumento dos salários ou honorários. Aparentemente tal não se verifica, ou não de acordo que seria expectável.


No fim de 2020 fiz uma sondagem através das plataforma Linkedin e Facebook onde se constatou que o salário bruto mais comum estava entre os 950€ e os 1.150€ em funções de obra e em projeto estava entre os 1.150€ e os 1.500€. Pode ver o artigo AQUI .


Dois anos depois, por necessidade de confirmar informações veiculadas por alguns jornais e agencias de recrutamento, alguns colegas mostraram necessidade de saber mais sobre a realidade informada, que não correspondia à realidade por eles sentida.

Assim, decidi novamente lançar uma sondagem, desta vez através de uma plataforma de sondagens, que foi partilhada com a solicitação de participação por email, Linkedin e Facebook, de forma a obter uma maior amostragem e por isso diminuir a incerteza dos valores obtidos.




NOTICIAS A RETER


Em 10/12/2017 numa noticia do Expresso, o então Bastonário da Ordem dos Engenheiros, o Eng Carlos Mineiros Aires, actual Presidente do Conselho Superior de Obras Públicas e Presidente da Comissão de Acompanhamento aos Trabalhos da Comissão Técnica Independente do Novo Aeroporto dá conta da retoma e regresso dos Engenheiros Civis afimando "As empresas estão a voltar a contratar engenheiros civis", mas o bastonário fala em “salários indignos” e relembra que "é preciso criar emprego, mas não a qualquer custo"


A Hays apresentou no seu Guia do Mercado Laboral 2021, uma análise detalhada das tendências do mercado de trabalho qualificado em Portugal, com base em inquéritos realizados junto de mais de 600 empregadores e cerca de 2700 profissionais.

  • Engenharia Mecânica (44%),

  • Engenharia e Gestão Industrial (38%),

  • Engenharia Eletrotécnica (34%),

  • Engenharia Civil (24%)

  • Engenharia Industrial e da Qualidade (18%)

  • Seriam as mais procuradas pelas empresas em Portugal.

Outras dados relativos aos profissionais de Engenharia:

  • 83% dos profissionais de Engenharia consideram mudar de emprego em 2021

  • 62% dos profissionais de Engenharia estão insatisfeitos com o seu pacote salarial atual

  • 39% indicam insatisfação com as suas perspetivas de progressão

Em 12/09/2022 o atual Bastonário da Ordem dos Engenheiros, o Eng. Fernando Almeida Santos, afirmou ao Jornal de Noticias, que os "cursos de engenharia sem alunos preocupam a Ordem dos Engenheiros. A Ordem dos Engenheiros está preocupada com falta de candidatos no que toca aos cursos de Engenharia Civil e Agronómica, uma vez que a construção civil é responsável por 5% ou 6% do Produto Interno Bruto (PIB)".





SONDAGEM


A sondagem decorreu entre 1 de Dezembro de 2022 e 15 de Janeiro de 2023 e participaram 816 Engenheiros Civis.


Foi solicitado aos Engenheiros Civis que participaram, que informassem a sua experiência enquadrada em 5 grandes grupos de experiencia, de 1 a 3 anos, 3 a 5 anos, 5 a 10 anos, 10 a 20 anos e mais de 20 anos, as suas funções, os seus rendimento líquidos totais (incluindo todos tipo de valor auferido em prêmios, etc) e finalmente em que percentagem trabalhavam em Portugal.


Do levantamento efetuado do Nº de Engenheiros Civis inscritos nas 2 Ordens Profissionais obtivemos um valor de 37.665 Engenheiros Civis., repartidos por:

  • Ordem dos Engenheiros 28.705

  • Ordem dos Engenheiros Técnicos 8.960

Pelo facto desta profissão depender nas suas vertentes de projeto, fiscalização e obra, da inscrição numa das Ordens Profissionais, para a obtenção das Declarações Abonatórias obrigatórias, toma-se como bom este universo, pelo que estima-se uma margem de erro inferior a 5%.


Faltou por esquecimento, aproveitar para na mesma sondagem incluir a análise dos profissionais da Engenharia Civil em termos de gênero.




GRÁFICOS GLOBAIS



Para uma melhor análise, decidi produzir gráficos comparativos de acordo com os grupos de experiencia e a totalidade dos resultados. Assim fica mais fácil verificar os diversos enquadramentos naquilo que é os resultados de todos os Engenheiros.




GRÁFICOS DE ENGENHEIROS CIVIS DE 1 A 3 ANOS DE EXPERIENCIA




GRÁFICOS DE ENGENHEIROS CIVIS DE 3 A 5 ANOS DE EXPERIENCIA




GRÁFICOS DE ENGENHEIROS CIVIS DE 5 A 10 ANOS DE EXPERIENCIA




GRÁFICOS DE ENGENHEIROS CIVIS DE 10 A 20 ANOS DE EXPERIENCIA




GRÁFICOS DE ENGENHEIROS CIVIS COM MAIS DE 20 ANOS DE EXPERIENCIA



CONCLUSÕES


Muitas análises podem-se tirar dos dados recolhidos, mas vamos enumerar somente as mais evidentes

  • 64% dos engenheiros Civis têm mais de 10 anos de experiência

  • 28% têm mais de 20 anos de experiência

  • 70% dos Engenheiros Civis recebem entre 10.000€ e 30.000€

  • 51% recebem entre 15.000€ e 30.000€

  • 19% recebem entre 10.000€ e 15.000€

  • 31% dos Engenheiros Civis têm a função de Director de Obra

  • 25% têm a função de Projectista

  • 91% dos Engenheiros Civis trabalham exclusivamente em Portugal

  • 6% trabalham exclusivamente fora de Portugal


Coloque os seus comentários aqui no artigo.

Pretendo melhorar a análise e uma eventual nova sondagem e a sua opinião e análise são bem vindos.



GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


Joaquim Nogueira de Almeida


ARTIGOS DO MESMO AUTOR:

MOLDANDO O MUNDO COM IMPRESSÃO 3D - O FUTURO NA CONSTRUÇÃO


2.077 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page