top of page
  • Foto do escritorJoaquim Nogueira de Almeida

AINDA NÃO HÁ UMA APP PARA FAZER OBRAS

Atualizado: 27 de mai. de 2023



A CONSTRUÇÃO 4.0 É O CHAVÃO DE MARKETING VENDIDO POR POLÍTICOS MAS A REALIDADE É OUTRA

A indústria da construção é conhecida pela sua natureza tradicional e muitas vezes resistente à adoção de novas tecnologias. Enquanto que outras áreas avançam rapidamente na era digital, a construção ainda está timidamente a adaptar-se..



A Falta de uma App para Obras e a Necessidade de Inovação

Na era digital em que vivemos, a maioria dos setores tem adotado aplicações móveis como uma forma eficiente de realizar tarefas, aumentar a produtividade e melhorar a comunicação. No entanto, quando se trata da indústria da construção, a falta de uma aplicação de software abrangente e de fácil utilização voltada especificamente para a direção de obras, tem uma razão de existir.

As obras de construção são complexas, envolvendo várias partes interessadas, cronogramas apertados e um grande número de tarefas que precisam ser coordenadas. Uma app móvel projetada especificamente para a direção de obras poderia ser extremamente benéfica, facilitando o planeamento, a comunicação e o controle de qualidade.

Infelizmente, essa ferramenta ainda não se tornou uma realidade disponível e não se prevê que ela exista nos próximos temos, nem com a existência da IA (Inteligência Artificial) que está agora em franco desenvolvimento.

É que as obras não são digitais..



Os Desafios da Construção 4.0 e Realidade versus Marketing

Nos últimos anos, o termo "Construção 4.0" tem sido amplamente utilizado no setor da construção. Ele refere-se à integração da tecnologia digital em todas as fases do ciclo de vida de uma obra, desde o projeto até a construção e a sua manutenção. No entanto, enquanto a Construção 4.0 é frequentemente apresentada como o futuro da indústria, é importante analisar a distância entre a realidade e o marketing.

A evolução digital tem trazido avanços notáveis para a construção, como a gestão de informações de construção (BIM) e a automação de certas tarefas, mas a realidade é que a maioria das obras ainda é realizada em ambientes hostis, sujeitos a intempéries e com milhares de varáveis dificeis de registar e controlar, e que tem uma dinâmica complexa na evolução da obra, .

A interação humana continua a ser um componente vital em muitas tarefas complexas e imprevisíveis, onde a capacidade de análise, adaptação e decisão, adaptação são necessários.



A Importância da Intervenção Humana nas Obras de Construção

Embora a automação e a digitalização possam melhorar a eficiência em certos aspectos da construção, é importante reconhecer que muitas tarefas exigem a intervenção humana.

A indústria da construção lida com uma variedade de variáveis imprevisíveis, como mudanças meteorológicas, condições do solo, gestão de recursos e requisitos específicos do projeto. Estes fatores tornam as obras num desafio ao engenho humano e exigem habilidades únicas para solucionar problemas na hora em que aparecem os problemas, tomar decisões e minimizar os riscos.

Além disso, a construção é um setor que exige naturamlmente um trabalho manual com habilidades precisas.

Embora a automação possa ser aplicada em certas tarefas repetitivas, muitos aspectos do trabalho exigem a experiência e a sensibilidade humana. Desde a instalação de materiais até a resolução de problemas no local, os trabalhadores da construção são essenciais para garantir a qualidade e a segurança das obras.

Outro fator a considerar ainda, é a necessidade de colaboração e coordenação entre as várias equipes no estaleiro de obras. A comunicação eficaz, a capacidade de trabalhar em equipe e a flexibilidade para lidar com situações imprevistas são habilidades fundamentais que os trabalhadores da construção têm de possuir no ambiente de trabalho. Estes aspectos ainda não podem ser substituídos por tecnologia, e é por isso que a presença humana ainda é crucial na indústria da construção.

No entanto, isso não significa que não haja espaço para melhorias e inovações na construção. As empresas e os profissionais podem aproveitar as tecnologias disponíveis para otimizar processos, melhorar a eficiência e reduzir os riscos no estaleiro de obras.

A integração de soluções digitais, como o uso de drones para inspeções e monitorização, o uso de sensores para recolher dados em tempo real e o uso de realidade aumentada para visualização de projetos in situ, são exemplos de como a tecnologia pode ser aplicada com sucesso na construção.

O conceito da Construção 4.0 ainda é um tanto exagerado em relação à realidade atual, mas é indiscutível que a tecnologia está a desempenhar um papel cada vez mais importante na indústria da construção.


O progresso tecnológico deve ser visto como uma oportunidade para melhorar as habilidades humanas, melhorar a segurança e a eficiência, e não como uma ameaça à presença humana no setor.

Enquanto aguardamos avanços e inovações na indústria da construção, é importante valorizar a experiência, o conhecimento e as habilidades dos profissionais que desempenham um papel fundamental na criação de infraestruturas sólidas e funcionais. A combinação da tecnologia com a intervenção humana continua a ser o caminho a seguir para um setor da construção mais eficiente, seguro e sustentável e que atenda às necessidades da sociedade moderna.

Ao buscar o progresso e a inovação na indústria da construção, é importante reconhecer a necessidade de equilibrar a tecnologia e as habilidades humanas. A colaboração entre humanos e máquinas é o caminho a seguir, permitindo que a tecnologia aumente as capacidades humanas, melhore a segurança e a eficiência, e promova um ambiente de trabalho mais confortável e produtivo.


É importante lembrar que o progresso tecnológico deve ser acompanhado pela capacitação dos profissionais da construção. A atualização constante das habilidades, o desenvolvimento de competências digitais e a adaptação às novas ferramentas e processos são essenciais para aproveitar ao máximo as inovações tecnológicas.

Para alcançar uma verdadeira transformação na indústria da construção, é necessário um esforço conjunto. Empresas, profissionais, instituições educacionais e órgãos reguladores devem trabalhar em conjunto para promover a integração da tecnologia e a capacitação dos trabalhadores da construção. A troca de conhecimentos, o investimento em formação profissional e a adoção de boas práticas são fundamentais para impulsionar a indústria rumo ao futuro.



Conclusão

Em conclusão, embora ainda não haja uma App móvel que seja abrangente para obras e o conceito da Construção 4.0 seja muitas vezes apresentado como um chavão de marketing, é importante reconhecer que os avanços já estão a ocorrer na indústria da construção.

A tecnologia está a desempenhar um papel cada vez mais importante, mas a presença humana continua a ser indispensável.


A colaboração entre humanos e máquinas é a chave para impulsionar a indústria, melhorando a eficiência, a segurança e a qualidade das obras.

Ao abraçar a transformação digital e investir no desenvolvimento de habilidades, a indústria da construção estará preparada para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades que o futuro trará.


A Formação dos operários da construção é uma peça fundamental neste processo evolutivo.




GOSTOU? então coloque um "gosto" e partilhe para os seus amigos

Tem uma história para partilhar? email EngenhoeArte@yahoo.com


Joaquim Nogueira de Almeida


ARTIGOS DO MESMO AUTOR:

MOLDANDO O MUNDO COM IMPRESSÃO 3D - O FUTURO NA CONSTRUÇÃO

207 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page